segunda-feira, 23 de junho de 2008

Sebastianas 2008


As Festas Sebastianas que, este ano irão decorrer nos dias 11, 12, 13, 14 e 15 de Julho, têm o seguinte programa musical:
SEXTA-FEIRA, 11
SOM MUDO
SAM THE KID
SÁBADO, 12
CHICO & THE GYPSIES
DOMINGO, 13
BE DOM
TERÇA-FEIRA, 15
UXU KALHUS
Gostaria de saber a vossa opinião sobre este cartaz musical das Sebastianas 2008, para tal, no canto superior direito deixo uma pequena sondagem...e, como sempre, também podem deixar o vosso comentário. Não entendam esta sondagem como crítica ao cartaz, quero apenas a vossa opinião, nada mais.

Vivam as Sebastianas.

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Um novo centro cívico

Mesmo no coração da cidade, existiram, até há bem pouco tempo, três ou quatro mamarrachos, que foram demolidos recentemente. Pessoalmente, nunca gostei deles, sempre os achei mal localizados e mal dimensionados. Por um lado até compreendia a situação dos comerciantes, com os seus estabelecimentos no centro da ciadade, lucravam com os seus negócios, mas o local, na minha opinião, não era o indicado. Pelo que sei, pelas notícias publicadas na imprensa, já existe um projecto para um novo arranjo urbanístico do centro cívico, ainda bem que existe, porque assim vai acabar, ou acabará em grande parte com o consumo e tráfico de droga que ali existia. Estou em crer, que grande parte dos freamundenses, também ansiavam por estas demolições, pois em certos dias este local até assustava...escuro, feio, morto...O parque infantil, também deveria ser demolido, penso que vai, pois já existe um no parque urbano mais digno, que tanto faz as delícias das crianças, e este em relação ao do parque, não passa duma amostra. Nem há como perguntar às crianças o que acham do novo parque... As instalações sanitárias, que também foram demolidas, porque não a construção das mesmas, mas no subsolo, exemplo das que existem noutras localidades?...Quanto à iluminação, é também urgente uma intervenção, há que substituir estes candeeiros por outros com linhas modernas que se enquadrem melhor com este local, pois os que existem, há muito tempo que expirou o seu prazo de validade. Urge criar mais iluminação! Os bancos também deveriam ser substituídos. Quanto ao lago, bem, perdeu a força e o brilho que o caracterizava, está "cansado" e obsoleto...Bem sei que estas obras são dispendiosas, mas que é urgente uma intervenção, lá isso é!

No antigo "Café do Lago", segundo a imprensa, vai nascer um espaço internet e um bar. Com esta intervenção, depois das obras concluídas, estou em crer, que o centro vai revisvecer e voltar ao que era antes, um centro vivo, que tanto o caracterizava...
O centro, finalmente, está mais airoso.
Agora, espero que o poder político actue, porque sem ele, infelizmente, nada se faz!

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Feira / Festa de Santo António


Sexta-feira, dia 13, realiza-se a feira de Santo António. A primeira "feira dos 13" (a treze de cada mês) realizou-se em 1720. É uma feira especialmente dedicada ao gado cavalar, daí a tradição da realização de espectáculos equestres nesta data. Das 48 freguesias do concelho de Aguiar de Sousa, Freamunde, foi a freguesia escolhida para a realização desta feira. A provisão régia de D. João VI (30 de Julho de 1800) que autorizava as feiras do 27, autorizava também o prolongamento da Feira de Santo António de 13 a 14 de Junho. A Santo António há quem peça protecção para os animais. Há, porém, quem o invoque, como protector dos namorados.
Segundo o Padre Francisco Peixoto "é a Santo António que os freamundenses devem a actual importância da sua terra".
Cantiga popular tradicional a Santo António
"Santo António pequenino
Se vestiu e se calçou
Seu caminho caminhou...
Santa Bárbara o encontrou
-Santo António aonde vais?
-Vou abrandar a trovoada
Que anda no céu tanto armada
Vou botá-la ao monte maninho
Que não faça mal ao pão nem ao vinho
Nem ao bafo de menino"
Programa:
09.00- Entrada da Banda da Associação Musical de Freamunde
11.00- Missa solene (Capela de Santo António)
15.00- Concerto pela Banda de Freamunde (Centro Cívico)
19.00- Procissão
Durante o dia: Exposição de cavalos

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Freamunde antigo

Saída de operários da fábrica Albino de Matos, Pereiras & Barros, Lda , "Fábrica Grande", Rua do Comércio.
Esta fábrica, começou a ser construída em 1920. Em 1923 sofre um voraz incêndio. Entre 1927 e 1938, tinha cerca de 227 operários oriundos do concelho e dos concelhos vizinhos. A maioria residia em Freamunde e Figueiró. A partir dos anos 60 e 70 começa a diminuir o número de operários. A maioria foram mobilizados para a Guerra Colonial, e dificilmente ingressava novamente no seu posto de trabalho após o fim da sua comissão na guerra. É nesta altura que começa a decadência desta fábrica pioneira no fabrico de material escolar no País, talvez fruto de uma administração ineficaz e menos arrojada em termos de programação de futuro?... Outrora um colosso, era talvez, das maiores indústrias do Distrito do Porto, actualmente encontra-se encerrada...Triste destino desta, outrora, grande entidade empregadora.
Esta fotografia, será provavelmente da década de 1920/30. Do lado esquerdo da foto, ao lado desse jovem, situa-se a loja do "Venturinha".
Quem souber mais pormenores sobre esta fotografia e, quiser partilhar connosco, já sabe... é só comentar.

segunda-feira, 2 de junho de 2008

XVI Feira de Artesanato - I Feira de Artes e Oficios


Como se vem a registar, há 15 anos, vai decorrer, no centro da Cidade de Freamunde mais uma Feira de Artesanato, de organização conjunta da AALF – Associação de Artes e Letras de Freamunde e da APOJ – Associação para os Jovens. A inauguração terá lugar no dia 6 pelas 21:30h e o certame decorrerá até dia 10, às 24h. Ao mesmo tempo, vai decorrer e, em anexo também, a I Feira de Artes e Ofícios do Vale do Sousa que resulta duma iniciativa da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, em parceria com as duas associações referidas.
O objectivo é mostrar o que se faz por aí e também ao longo do país, atraindo a população para a aquisição de pequenos bens, feitos cuidadosamente à mão e que atestam reminiscências do passado e, por isso, da nossa história colectiva.
Estarão presentes artefactos variados, em que se inclui doçaria regional, enchidos e produtos da Terra.
No dia 7, pelas 21:30h actua o “Grupo de Cavaquinhos” da Raimonda, no dia 8 o grupo Musical “Laços e Nós” de Freamunde, no dia 9, o “Rancho da Vila de Freamunde” e no dia 10, a “Tuna da Pro Sénior”.
Haverá um prémio para os três primeiros artefactos (Iniciados ou concluídos durante o certame) colocados a concurso e avaliados por um júri nomeado para o efeito. Estarão em avaliação, a criatividade, a originalidade, a beleza, e o trabalho vivo, bem como os materiais utilizados.