sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Freamunde na imprensa


NOVO CENTRO DA CIDADE EQUACIONADO
PRIMEIRA FASE, DEMOLIÇÃO DAS LOJAS EXISTENTES
Já tendo em vista a implementação do novo projecto cujo estudo prévio já está pronto, foram negociadas as saídas dos empresários de todas as lojas que lá estavam implementadas. Neste momento está apenas a funcionar o Espaço Internet e foi já lançado o concurso para a abertura de um bar, cujo intuito é fazer a diferença em relação aos espaços existentes e áqueles que por lá já passaram. O quiosque irá apenas mudar de local e apesar de neste momento estar fechado irá ser mantido no centro da cidade.
PROJECTO PAISAGISTA E NÃO URBANISTA
O projecto vai ter muito em consideração a inclusão de espaços verdes que se misturem harmoniosamente com todas as mudanças que vão ser implementadas naquele espaço. Segundo definição de responsáveis da Junta, o centro vai desde o Café Teles, numa das extremidades, até à Capela de S. Francisco. É um espaço muito amplo e com pouca população, apenas 15 famílias, o que leva a que tenham que ser levadas em conta algumas espefecidades. Como o centro também não tem muito comércio, funcionam maioritariamente bancos durante o dia, o que for implementado terá que servir como pólo de diferenciação. O lago que está totalmente desenquadrado será substituído por um ponto de água ainda a definir e a escadaria frontal será substituído por relvado.
PRINCIPAIS DIFERENÇAS EM RELAÇÃO AO PROJECTO ANTERIOR
Neste projecto as principais preocupações passaram pela escolha harmoniosa dos materiais escolhidos e por conseguir com que a parte central onde está implementado o Espaço Internet seja o mais amplo possível e em que as pessoas dum ponto possam ter visibilidade total. Toda aquela zona vai estar vedada ao acesso automóvel excepto para os moradores e vai estar inclusive preparada a possibilidade de nalgumas casas poderem ser montados negócios do ramo da restauração que posteriormente poderão usar o espaço das ruas para esplanadas. A grande diferença de quotas dificultou muito um projecto que pretende ser o mais cuidadoso possível. Os acessos à parte central serão feitos pelas laterais, sendo que num dos lados o acesso será uma rampa tendo em conta as pessoas com mobilidade reduzida. Outra das diferenças será o facto de o prédio onde agora está implementada a óptica ser deitado abaixo e com consequente recuo do prédio será possível dar continuidade ao restante projecto, para que tudo possa parecer harmonioso. O coreto, a palmeira e o cruzeiro pelo seu valor histórico serão mantidos.
ALGUMAS INDEFINIÇÕES AINDA POR TRABALHAR
Os responsáveis da Junta de Freguesia foram muito claros na sua intenção de começar o trabalho tendo por base um projecto global que lhes permita fazer intervenções por fases, mas sabendo desde logo qual o objectivo final. Ainda não está definido quanto tempo poderá demorar a implementação deste projecto, pois como os custos são elevados tudo irá depender da conquista de fundos comunitários. No entanto mesmo que não haja fundos, foi-nos revelado que o projecto será para avançar. Ainda não está definido o tipo de intervenção que será feita abaixo da Estrada Nacional, pois tudo estará dependente da abertura, ou não, do novo acesso às piscinas e Parque que poderá permitir um acesso muito mais rápido daquela zona, à nova zona central da cidade que será criada.
"In Gazeta de Paços de Ferreira"

4 comentários:

Anônimo disse...

Daqui a 10 anos talvez esteja tudo pronto...

macshade disse...

Finalmente algo pensado de raiz e com preocupação em ampliar e criar espaços verdes que tanta falta fazem ao nosso centro.
Ao que aqui li, parece-me muito válido este projecto, bem pensado e digno da nossa terra, das nossas gentes. É bem preciso lavar a cara e dar vida a Freamunde além do parque de lazer.
Só é pena que não haja eleições autárquicas de dois em dois anos, assim não seriam necessários os 10 anos que o anónimo anterior menciona.. mas quanto a isso, já não há sapateiro que remende.

Anônimo disse...

É por comentarios como os do primeiro anonimo que freamunde ainda enfrenta os problemas que enfrenta.
Antes de criticar seja o que for vamos dar a oportunidade a quem quer mudar alguma coisa na nossa grande terra.
viva a freamunde
viva á mudança para melhor claro

Anônimo disse...

Será que não há um pouco de razão no 1º comentário.- ohhhh senhor do 3º.