domingo, 29 de março de 2009

De olho na cidade...parte dois


O que era um excelente local para um acidente, deixou de o ser...por enquanto...
Afinal, aqui parece que já é Freamunde...

III Seminário de Futebol do S C Freamunde

Realizou-se na passada sexta-feira no Auditório da Casa da Cultura, o III Seminário de Futebol do S C Freamunde. A terceira edição deste evento, organizado pelo Departamento de Futebol de Formação, teve como tema "CONSTRUÇÃO DE UM FUTEBOL INTELIGENTE". Na sessão solene de abertura, discursaram o Presidente do S C Freamunde, o Presidente da Junta de Freguesia, o Vereador do Desporto da Câmara Municipal e o Presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira. As temáticas debatidas foram : "Futebol de Formação-I", "Futebol de Formação-II", "Futebol de Formação-III", "Futebol de Formação-IV", "Arbitragem", "Futebol/Alto Rendimento", e "Liderança Para um Futebol Inteligente". Os convidados foram: Luís Castro, Coordenador Técnico do Futebol Clube do Porto, Dr. Vitor Maçãs, Regente na Disciplina de Futebol na UTAD, Dr. Jorge Roig, Catedrático por La Universidad de La Platafisiologia Aplicada al Entreamiento Deportivo, Dr. Paulo Roriz, Regente da Disciplina de Biomecânica do ISMAI, Dr. Vitor Hugo, Nutricionista do F C Porto, Prof. Dr. Leandro Massada, Professor Assistente da FADEUP, Dr. Mendes Conceição, Médico do S C Freamunde, Dr. Rodrigo Magalhães, Coordenador Técnico do S L Benfica, Dr. Freitas Lobo, Prof. Dr. Jorge Silvério, Professor na Universidade do Minho, Jorge Sousa, Árbitro FIFA, Mestre Miguel Cardoso, Treinador-Adjunto da A D Académica de Coimbra, Dr. Micael Sequeira, Treinador do Atlético de Valdevez, Vital, Treinador e guarda-redes do Sporting Clube de Braga, Mestre José Neto, Regente da Cadeira de Futebol do ISMAI, Vitor Oliveira, Director Desportivo do Leixões S C, Jorge Regadas, Treinador do S C Freamunde, José Mota, Treinador do Leixões S C. Os moderadores foram: Jorge Nunes, Rádio Clube de Paços de Ferreira, Fernando Eurico, Antena 1, Rui Orlando, Sport TV, Bernardino Barros, Rádio Renascença, e João Ricardo Pateiro, Sport TV. No final do seminário, foram entregues os diplomas aos participantes inscritos e foram sorteados dois bilhetes para o jogo Portugal-Suécia. Um sucesso este seminário. Parabéns à organização.

quinta-feira, 26 de março de 2009

De olho na cidade...

ALERTA!!
A Rua da Gandarela é um excelente local para um acidente!!
Aqui não é Freamunde...de certeza que não é!...
Que vergonha!!

segunda-feira, 23 de março de 2009

Jantar comemorativo do 76º aniversário do S C Freamunde


A Quinta da Vista Alegre, foi o cenário escolhido para o jantar comemorativo do 76º aniversário do S C Freamunde. Nesta festa, marcaram presença o Presidente da Câmara Municipal, o Presidente da Junta de Freguesia, o Presidente do F C Paços de Ferreira, um representante da Liga de Clubes e várias dezenas de pessoas da família freamundense. Neste jantar foram premiados atletas dos vários escalões pelos méritos desportivos e escolares. O prémio de Melhor Treinador do S C Freamunde foi entregue ao treinador dos Juvenis, Tonanha, e o prémio Melhor Jogador do Departamento de Formação foi entregue ao atleta dos Iniciados A, Valter Gomes. Da equipa profissional, Nélson recebeu o Prémio Jogador Revelação, Bertinho, recebeu o Prémio Jogador Mais Valioso. Os prémios foram entregues pelo Presidente do S C Freamunde e pelo Presidente do Departamento de Futebol de Formação. Com este jantar, encerraram as comemorações do 76º aniversário do S C Freamunde.

Tonanha, Prémio Melhor Treinador do S C Freamunde

Valter Gomes, Prémio Melhor Jogador do Departamento de Formação

Nélson, Prémio Jogador Revelação


Bertinho, Prémio Jogador Mais Valioso

Fotos de alguns dos atletas premiados por méritos escolares

Luis, atleta das Escolas Série 4

Alexandre Leite, sub-capitão dos Infantis A

Nélson Moreira, sub-capitão dos Iniciados B

Pedro Bessa, capitão dos Iniciados A

João Santos, atleta dos Juvenis

Foto de família dos premiados

Sr. Barbosa, ex-atleta do S C Freamunde, Prémio Mérito Desportivo

Alexandre Leite e Bruno Silva, sub-capitão e capitão dos Infantis A.

Dois craques da bola e também craques na escola...

quinta-feira, 19 de março de 2009

Sport Clube de Freamunde - 1933 / 2009

OS PRIMÓRDIOS
"DO LARGO DA FEIRA AO CARVALHAL"

Nos primórdios da década de trinta, e porque a necessidade aguçava o engenho, qualquer espaço servia para o pontapé na bola nos "trapos", fosse na rua ou em terreno baldio. O Largo da Feira era quase sempre o palco predilecto dos pequenos garotos que com frequência quebravam os vidros das janelas das casas contíguas à Praça Pública. É curioso que ninguém ousava reclamar os prejuízos causados pelas boladas, mas, por vezes, a vizinhança torcia o nariz face ao incómodo provocado. Ali se jogava de manhã à noite. Aos domingos, principalmente, depois da missa, os aficionados cercavam o largo para apreciarem a habilidade da pequenada a suar as estopinhas, de pingo no nariz, com as calças arregaçadas até aos joelhos, a roupa totalmente colada ao corpo e as botas - quem as tinha - a pedir remendos pois as "topadas" eram muitas e as árvores apenas ajudavam a ensaiar a finta. As velhas bolas trapeiras ricohetavam. Batiam nas paredes. Nas portas da tasca das "Elviras". Iam e voltavam. Toda a miudagem chutava. De repente, a alegria do jogo. Golo!...Golo!...Golo!...Abraçava-se a garotada, toda, com alegria. Cá fora batia-se palmas. Até o Abade.

O PIONEIRISMO
Querendo premiar os dotes futebolísticos dos jovens desportistas e aliciado pela emoção desse jogo, o carismático Padre Castro - figura proeminente pela sua generosidade e inteligência ao serviço das instituições locais, personalidade possuidora de enorme fluência e que tudo fazia, como na vida, com raça, com imaginação, com sabedoria -, conhecedor que o futebol atraía o operariado e a juventude, auxiliado pelo Dr. António Chaves, Armando Oliveira, Alexandrino Cruz, Francisco Carneiro e outros, resolve dar voz ao seu instinto cristão e fazer alguma coisa pelos filhos da comunidade freamundense, tomando a seu cargo o plano organizativo para a constituição de um grupo de futebol, pois nas redondezas já havia clubes similares. O Padre Castro, que também pariquiou S. Paio Casais / Lousada e leccionou como professor de matemática no seminário dos Carvalhos / Vila Nova de Gaia, deixou-nos bem cedo mas viverá eternamente na saudade de todos e enquanto existir o Clube a que ele votou a sua existência. Dos fundadores, os entusiastas de então, não é possível ter a certeza de quantos e quais foram, não só pelo tempo já decorrido, mas sobretudo pela ausência e displicência no registo de acontecimentos que poderiam vir a tornar-se, em termos históricos, de vital importância. Foram, no entanto - e disso não nos resta a menor dúvida - pessoas que amaram o Clube da maneira mais pura e sempre ligados de alma e coração ao seu querido emblema, identificados apenas e só com a bandeira azul e branca. Mas nem só de boas vontades e amizades o futuro da Agremiação poderia estar alicerçado; por um lado, uma coisa era organizar treinos e jogos de futebol, outra fomentar a actividade, com algumas condições de higiene, mesmo em espaço alugado. Tarefa prioritária, portanto. A dois "palmos" de distância do centro da povoação existia um terreno que dava na perfeição para erguer um campo onde fosse possível praticar futebol.



PADRE CASTRO E ARMANDO OLIVEIRA
Feitas as necessárias diligências, as dificuldades foram inicialmente ultrapassadas com o arrendamento destas terras pertencentes ao Dr. António Corrêa Teixeira Vasconcelos Portocarrero por uma importância compatível com as possibilidades do Clube. Depois, utilizando mão de obra voluntária - rostos invisíveis, anónimos que trabalharam intensamente, fazendo uso dos seus instrumentos de ofício, pás, alviões, picaretas, manejados com toda a eficiência e denodo - o rectângulo de jogo ganhava contornos. Os trabalhos tomaram de início um ritmo acelerado, de tal forma que, em pouco mais de seis meses, o campo foi dado como pronto. Pelos documentos disponíveis, não terá havido futebol, ou melhor, competições externas com outros clubes, antes de 1932. A primeira referência é de Maio desse mesmo ano e relata-nos um encontro entre o Lagoense F. C. e o Foot Ball C. Freamundense, saindo vencedor este último por um concludente 7-0. De tralha aos ombros, botas a tiracolo, gorro ou chapéu na cabeço, fato domingueiro - todos, portanto, bem encanados - lá iam os atletas, cantando e rindo, indiferentes aos quilómetros, percorrendo a pé até povoações circunvizinhas (Covas, Sobrosa, Lagoa, Paços "Rotunda"...) para defrontarem os adversários em renhidos confrontos. Nestes tempos os equipamentos - quando existiam - quase não tinham modelo nem cores bem definidas. António Filipe, sapateiro de profissão com pequeno aposento na Praça, era um dos principais entusiastas, guardando rudimentares camisolas, consertando ainda, de forma gratuita, as botas (?) existentes. Sem um organismo tipo Associação, os grupos desafiavam-se, jogavam e depois vinha a desforra. Ninguém repudiava sacrifícios, corria-se por gosto. Não havia lugar para guardarem a roupa, muito menos a existência de água quente para se lavarem, como é lógico. Por isso recorriam aos poços existentes nas imediações dos campos de jogos de onde alguns assistentes retiravam a água com um balde, despejando-a depois pela cabeça abaixo dos heróicos pontapeadores do couro. Não fazia diferença o tamanho do espaço ou o comportamento do público. Os jogos não contavam para nenhuma classificação, vivendo-se, por um só dia, as vitórias ou as derrotas. Ganhar era apenas, e só, umprazer do espírito. Em Março de 1933, disputou-se em Lousada um jogo de classe infantil. O mesmo não chegaria a terminar porque um miúdo da equipa da casa sofreu fractura de uma perna.



ANTÓNIO FILIPE

O NASCIMENTO DE UMA GRANDE "INSTITUIÇÃO"

Eis-nos por fim chegados ao momento histórico da fundação do Clube. 19 de Março de 1933. Por curiosidade, também dia de S. José, da aprovação em plesbicito da Constituição Política da Rebública Portuguesa do mesmo ano de 1933 e, igualmente, data comemorativa da fundação da Associação dos Socorros Mútuos Freamundense. Ainda neste dia, no nosso País, iniciavam-se os preparativos para as filmagens do primeiro sonoro " A canção de Lisboa", com António Silva, Vasco Santana e Beatriz Costa como protagonistas. A partir daqui seria um percurso enorme pejado de dificuldades, mas de muitas glórias também. Surgiria então o primeiro "team" oficial do Freamunde Sport Clube, denominado de "Onze Vermelhos", todos ou quase todos operários da Fábrica Albino de Matos Pereiras e Barros Lda. (Fábrica Grande), jovens atletas de enorme potencial. É escusado dizer-se que nesses tempos os dirigentes - sobretudo os mais habilitados ou habilidosos, os chamados simbolos vivos do Clube - faziam de tudo: jogavam se preciso fosse, treinavam, eram funcionários, massagistas, aguadeiros e mesmo árbitros de futebol. Tanto carregavam as bolas e os sacos para os treinos como se sentavam no improvisado gabinete a congeminar a estratégia organizativa do plano semanal. Duas das principais referências, para além dos denominados Presidentes (em 1934, António Maria Gomes Chaves Velho e nos anos seguintes, José António Nunes Chamusca) foram Adolfo Gomes Pereira e Américo Ferreira Taipa. Estes nomes "arrastaram" outros que a justiça obrigaria a incluir mas que, lamentavelmente, teremos que omitir face aos poucos livros ou documentos que se salvaram das "andanças" em que a Sede do Carvalhal se viu envolvida há duas dezenas de anos atrás.




AMÉRICO FERREIRA TAIPA, ADOLFO GOMES PEREIRA E ANTÓNIO CHAMUSCA
Se a discussão sobre o nome do Clube (Freamunde Sport Clube) não foi prolongada, já em relação às cores dos equipamentos as sugestões foram diversas: Assim, depois de analisados os catálogos qual a razão da escolha de camisola branca com riscas horizontais vermelhas e calças da mesma cor? Talvez porque o vermelho tinha por fito traduzir alegria, colorido e vivacidade nas lutas. Já sobre o emblem, e através de documentos fotográficos existentes, sobretudo ao tempo dos "Onze Vermelhos", pode constatar-se - se seria lapso da boradeira? - que o mesmo era composto apenas por cinco vértices, fazendo lembrar a Internacional Socialista.


ANTÓNIO "CARECA" - EMBLEMA COM CINCO VÉRTICES

EQUIPA ONZE VERMELHOS

Em cima: Adolfo Pereira (Dirigente), Adelino "da Claudina", António "Bica", Joaquim Pinto, Moreirinha, António "Careca", Neca "da Couta", Juca "Careca".

Em baixo: Zé "Careca", Zé "Bica", Alberto "Botas", Cândido Pinheiro, Arnaldo Pinheiro.

"Sport Clube de Freamunde - Vida e Glória"

domingo, 15 de março de 2009

Inauguração do campo relvado sintético

Acto de inauguração do campo relvado sintético. Foto: Cortesia de José Santos

Acaba de ser encerrado mais um capítulo da História do S C Freamunde. O campo relvado sintético, uma obra reivindicada há muitos anos pelo clube, foi hoje inaugurado pelo presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Pedro Pinto. As cerimónias iniciaram-se às 14:00 horas com a concentração de atletas de todas as equipas do S C Freamunde, desde Escolas aos Seniores.

Depois do descerramento da placa comemorativa da inauguração, os convidados e todos os membros da direcção do clube, deslocaram-se para o campo relvado sintético, onde discursaram o Presidente da Comissão Administrativa, Manuel Pacheco, o representante da Associação de Futebol do Porto, Eng. Madeira, o Presidente da Junta de Freguesia, José Maria Taipa, e o Presidente da Câmara Municipal, Pedro Pinto.

No final dos discursos foram entregues as faixas de Campeãs Distritais à equipa de futebol feminino do clube. Agora esta equipa vai disputar a 2ª Divisão Nacional. Parabéns à equipa.

O roupeiro do Departamento de Futebol de Formação, sr. Fernando Neves, também foi homenageado.

No final da cerimónia da entrega das faixas, foi formado no relvado, um logotipo humano do S C Freamunde.

Às 17:00 horas, teve início o jogo de futebol de Infantis Sub-13, S C Freamunde - Amarante F C, a contar para a 27ª Jornada da 1ª Divisão do Campeonato Distrital. O S C Freamunde venceu por 4-2. De salientar a excelente exibiçaõ da equipa da casa, que nos brindou com um futebol de grande qualidade. De salientar também, e que fica para a História da inauguração, que foi o S C Freamunde a inaugurar o marcador por intermédio de Miguel Costa. Os restantes golos foram apontados por Jorginho, Tiago Alves e Bruno Silva. Também não posso deixar de salientar o excelente campeonato que esta equipa tem vindo a realizar e que com esta vitória a equipa subiu à terceira posição da tabela classificativa.

Miguel Costa, o autor do primeiro golo na inauguração do sintético.

Para a história fica a ficha do jogo da inauguração: Equipa inicial: Jorge Barbosa, Miguel Ferreira, Jorge Magalhães (Jorginho), Alexandre Leite, Helder Carneiro, Miguel Costa, Bruno Silva, Carlos Martins, Tiago Alves, Jorge Meneses, Flávio Andrade. Suplentes: Pedro Oliveira, Pedro Moreira, João Alves, Jorge Vilela, Helder Bessa, Pedro Monteiro e Cláudio Dias. Parabéns a todo o plantel.

No final do jogo dos Infantis, realizou-se um jogo-treino entre o S C Freamunde e C D Aves, jogo esse que a equipa da casa venceu por 3-2.

Para terminar, não posso deixar de enaltecer o trabalho que estes dois homens, Manuel Pacheco e Rui Neto têm desenvolvido em prol do clube. Dois verdadeiros campeões de entrega e dedicação ao S C Freamunde. Parabéns e bem hajam a ambos.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Um sonho tornado realidade

Chegou o grande dia. O que há algum tempo atrás era um sonho, hoje, finalmente, tornou-se uma realidade. Depois de alguns contratempos, é finalmente inaugurado o campo relvado sintético do S C Freamunde. Este é mais um dos capítulos da História deste grande clube. 14 de Março de 2009: a concretização de um sonho! Para que este dia se torne numa grande festa, o S C Freamunde conta com a nossa presença...Parabéns à direcção.

Vamo-nos congregar em uma só voz: FREAMUNDE ALLEZ...

quarta-feira, 11 de março de 2009

Freamunde: "pormenores"

De facto, este pormenor pertence à Capela de S. Francisco, como demonstra a foto.
Parabéns aos dois participantes, Ana Tojal e Nuno Leão. Obrigado a ambos pela participação.

Freamunde: "pormenores"

Sabes onde está inserido este pormenor?...
Participa...é fácil...não te esqueças de mencionares o teu nome...

domingo, 8 de março de 2009

Sebastianas 2009

Dia 15 de Março pelas 14:30 horas, grandioso leilão Sebastianas 2009, lugares da Plaina, Lama, Leigal junto ao Centro de Saúde. O leilão tem saída do lugar da Plaina pelas 14:00 horas.
Quem dá mais?? Por Freamunde 1! 2! 3!!!
Apareçam, vamos ajudar as Sebastianas 2009!!!!

sexta-feira, 6 de março de 2009

Obras

O tema deste post já não é novo e até já passou aqui pelo blog. Refiro-me às obras de requalificação que algumas, (muitas) das vias da cidade precisam urgentemente, diga-se requalificação, colocação de tapete betuminoso. Uma delas, era sem dúvida alguma, a "Avenida do Centro de Saúde". Depois de tantos anos de espera, eis que surjem as tão ansiadas obras de requalificação desta movimentada via. Nem é preciso lembrar que esta mesma via dá acesso ao centro de saúde e à EB 2, 3 Dr. Manuel Pinto Vasconcelos, ou seja, diariamente nela circulam dezenas de automóveis e também autocarros escolares. Recentemente uma das vias desta artéria foi cortada ao trânsito, corte esse que foi efectuado num fim-de-semana, e as obras só começaram duas ou três semanas depois, no mínimo insólito!..Mas, mais vale tarde que nunca...
Segundo li nos jornais, todas as vias do centro cívico vão beneficiar de obras de requalificação, convém porém não esquecer e lembrar aos governantes cá do burgo que Freamunde não se limita ao centro cívico e, que existem inúmeras vias a precisarem urgentemente de obras. Mencionei algumas dessas vias há algum tempo atrás...

Segundo uma entrevista que o sr. José Maria Taipa deu ao jornal "Gazeta de Paços de Ferreira" em Fevereiro de 2008, e passo a citar: "que para 2008 era prioridade requalificar as vias que dão acesso ao Centro de Saúde, bem como a avenida do mesmo, pois são uma via de passagem para muitas pessoas"...Pois é, o que é certo é que já estamos em 2009, e a "prioridade" do sr. presidente da Junta está precisamente um ano atrasada!...Muito esquecido o sr. presidente da Junta de Freguesia....


O que é certo e sabido é que o presente ano de 2009 é ano de eleições. E o que no ano transacto era uma "prioridade" deixou de o ser para o ser este ano. Está visto e mais que visto que são obras eleitoralistas. São obras de caça ao voto para se manterem no poder mais quatro anos. Triste país o nosso, tristes políticos os nossos, que em ano de eleições, que em ano de crise económica/financeira em que passam a vida constantemente a "martelar-nos" sobre a mesma crise, se façam estas obras, que são mais que necessárias, que já deviam ter sido realizadas há muito mais tempo e não agora neste ano de caça aos votos.
Outro local alvo de obras é a rotunda onde se situa o Cruzeiro. Desconheço o projecto, por isso não sei o que dali vai sair. Mas seja o que for, e já que se iniciaram as obras, caros senhores responsáveis pelo projecto e caros senhores políticos, já pensaram em mudar de local o Cruzeiro?...Porque não?...Não é o local original do mesmo, já foi mudado uma ou duas vezes, não estará na hora de se pensar no assunto?...

Para terminar este post, deixo estas sábias palavras do escritor transmontano Miguel Torga:

"Estes políticos, grandes ou pequenos, ao nível de capital ou de vila, são curiosos! Actores singulares, que em vez de servir se servem, é a própria megalomania que representam no palco da vida, a recitar em voz alta as palavras que adivinham no pensamento dos espectadores que hipnotizam. Naturezas ávidas de palmas vivas – e de morras, se não puder ser doutra maneira -, no fundo, as ideias, o bem público, a pátria e o mais em que se louvam para atingir e conservar o poder, não lhes interessam. É o espectáculo da sua positiva ou negativa, hipertrofia pessoal que os seduz. A multidão cá em baixo, rasteira, embasbacada, fremente de entusiasmo, ou de indignação, e eles a pairar no meio dela, grotescos e sorridentes, a gesticular como gigantones."
E como nunca é demais lembrar aos nossos políticos as suas faltas para com o seu eleitorado, fica este post...

segunda-feira, 2 de março de 2009

Inauguração do campo relvado sintético

Dia 14 de Março de 2009
Programa:
14:00 horas: Concentração de atletas
15:00 horas: Recepção aos convidados
17:00 horas: Jogo de futebol: S. C. Freamunde - Amarante F. C. (Infantis Sub-13)