quarta-feira, 28 de julho de 2010

Freamunde antigo

Associação de Socorros Mútuos Freamundense
Este edíficio foi inaugurado nos fins do Séc. XIX.
A criação desta associação foi decidida por um grupo de pessoas que se reuniram em casa de Albino Augusto da Costa Torres, em 30 de Novembro de 1890. A decisão da fundação foi tomada por unanimidade por esse grupo de pessoas. Foi formada uma comissão constituída pelo Pe. Florêncio Vasconcelos, António Leão de Moura e Alexandrino Chaves Velho para desencadearem o processo adequado para a sua fundação. O padroeiro desta associação é S. José.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Ecos das Sebastianas 2010

Em tempos de crise - maldita crise que retém o dinheiro nas carteiras que raramente se abrem -, os freamundenses não ficaram indeferentes às dificuldades da vida. Mesmo assim, porque não quiseram que a tradição morresse - podia lá ser! -, arrancaram com todo o prazer ao seu parco orçamento as somas que permitiram a realização das "suas" Sebastianas. A tal vontade, a tal determinação, que barreira alguma jamais poderá deter! Enfim, nobres ideais, o persistente esforço dos seus filhos, animados por um bairrismo sem limites, obstinações que mantêm as Sebastianas, grandiosas manifestações de arte e cultura popular, destacadas na vanguarda. Sempre alegres. Sempre bonitas. Sempre as melhores. É que o povo de Freamunde adora as suas festas. Como ninguém!
Principal cartaz turístico da região, as Sebastianas são reflexo das tradições religiosas e pagãs.
A comissão - honra lhes seja feita - não desvirtuou o passado, mas revitalizou o presente, tentando ganhar o futuro; captar o interesse das camadas mais jovens.
Foram aos milhares os forasteiros atraídos pela galhardia com que o povo desta Terra, generoso e hospitaleiro, os acolhe e lhes proporciona horas a fio de vibração, entusiasmo e alegria.
E como o tempo não perdoa, o melhor foi mesmo aproveitar todos os minutinhos dos treze (!) dias de colorido festivo, de animação que invadiu a cidade.

Tudo começou com a Semana Cultural, este ano com a inclusão no programa oficial do Fesival de Folclore, numa organização do grupo anfitrião, e da Feira de Artesanato em Freamunde.
Realce uma vez mais, para a participação condigna, para a profusão de actividades da Associação Cultural e Recreativa Pedaços de Nós. Desde o Concurso de Quadras alusivas às "Sebastianas", às fan-tás-ti-cas actuações dos seus grupos musicais, Percussão, Big Band e Castanholas. A nossa gente, amante por natureza das suas coisas, cantou, dançou, vibrou, aplaudiu, emocionou-se...Uma ou outra "modinha" tocava-nos cá dentro...Foi uma noite mágica onde o "azul", a única cor que nos identifica, brilhou a grande altura.
As Jornadas de Reflexão e Saudade - IV Edição - tributaram a professora Cremilde Queirós Monteiro (Uma Mulher - Uma Vida), através de exposição documental e sessão solene no Auditório Fernando Santos. Foi manifestada homenagem com máxima elevação a esta filha que Freamunde adoptou, terra que há muito se orgulha de pertencer.
Mas houve mais. Em ambiente conciliador, sereno, propício, foi um regalo para o ouvido as actuações do Grupo "Três Marias" e Grupo de Fados da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Nostálgicas as guitarradas de Carlos Paredes, as canções de Zeca Afonso, Adriano Correia de Oliveira, Luís Gois...
O aperitivo para as grande noitadas estava, entretanto, marcado para Sexta-Feira. Não pelo concerto dos "Diabos na Cruz" - deu para entreter a malta jovem, tal como na véspera o grupo "Flow 212" -, mas pela já ansiosamente aguardada noite de bombos, onde centenas de zabumbeiros (muitas mulheres incluídas, o que é de saudar. Se a moda pega!...) ribombaram, ne sempre de forma controlada, madrugada fora, até ao romper do dia.
Antes, junto à Capela de S. Francisco, a já habitual homenagem aos festeiros falecidos, de forte carga emotiva, da responsabilidade da "Comissão das Sebastianas". Sabiam que esta "Comissão" existe há já alguns anos?
Para Sábado e Domingo estavam agendados dois espectáculos de rara qualidade.
Jorge Palma e os Xutos e Pontapés - dispensavam apresentações - eram as figuras de cartaz que conseguiram juntar uma moldura humana impressionante, o mais diversificada possível. Nunca Freamunde albergou tanta gente, sobretudo na madrugada de Domingo. Eram os "Xutos" que nos visitavam mais uma vez, portanto...O coração da cidade estava a abarrotar. Vimos jovens empoleirados nas árvores...Janelas e varandas dos prédios periféricos pejados de admiradores.
Explosões de música vibrante e de luz marcaram as suas actuações, sempre em crescendo.
O público, contagiado, cantou em coro alguns refrãos mais conhecidos, marcando o ritmo com palmas.
Estava criada uma atmosfera envolvente.
Depois de encenadas saídas de palco, os fãs lá chamaram os seus ídolos. E eles regressaram com gosto para os ancores. Bonito.
Depois de tantos anos nesta vida, Jorge Palma e os Xutos ainda estão aí para as curvas.
Falando de Divina Arte, a "nossa" Banda continua a passear classe. Os concertos com a congénere e vizinha de Vilela, bem apoiada por entusiástica e simpática claque, estiveram sublimes, atraindo imensos apreciadore. E depois há a apoteose final com os fervorosos bairristas desta terra - já é da praxe -, a entoarem o hino de Freamunde e vários trechos da opereta "Gandarela".
Na parte religiosa, a comissão caprichou. A missa solene, com panegírico ao Santo Mártir, revestiu-se de grande magnificiência. A "Capella" mostrou-se afinadíssima, acompanhada com mestria a grande instrumental por elementos da Banda local.
O interior da Igreja Matriz estava um sonho. Deslumbrava, a beleza dos andores.
À tardinha, a procissão, bem organizada, digna. Momento de fé único, compartilhado por centenas de fiéis que se estenderam ao longo do penoso percurso.
Nas ruas, contínuos tapetes de flores que lhes deu um visual rico e forte que espalharam a alegria, o brio da alma dos freamundenses que os "trabalharam" com enorme dedicação e orgulho. O fogo de artifício continua a somar pontos. Espectáculo raro porque diversificado e de qualidade.
O arraial de Segunda, marcado pela Marcha Alegórica, vivido com uma intensidade sem limites, fez o centro transbordar de gente, de todos os cantos da região.
Este ano, o tema imposto para a confecção dos carros era "Cinema". Não foi fácil passar a mensagem.
Tarefa que arrastou vastas equipas de jovens e absorveu alguns milhares de euros. Equipas de "artistas" desta terra que criaram, ao longo de horas sem fio e até ao mais ínfimo pormenor, todos os carros alegóricos que compuseram o desfile. Desde o desenho da estrutura, até à construção, tudo é investimento de tempo, paciência e...muita criatividade.
As "vacas" - aumentam de ano para ano" - obrigaram a algumas correrias. Nunca são de "fiar". Longe delas! Longe delas!
Porque o tempo ajudou, para os imensos vendedores de cerveja e caipirinha, do pão com chouriço ou porco no espeto, foi um rico "S. Miguel".
Também o Vespa Clube de Freamunde (XIII Concentração e desfile de Vespas) e a AJAF (III Corrida de Carrinhos de Rolamentos) não faltaram à chamada, emprestando animação e curiosidade.
Pronto. Assistir a estas festas, de arromba, rijas, foi viver emoções sem limites que nos encheu a alma de contentamento. O calar do último foguete já nos deixou saudades.
Parabéns, sinceros, à Comissão Organizadora. Ah! Já vimos gente nova numa lufa-lufa, de mangas arregaçadas, imbuída no mesmo espírito, com exemplar empenho, sinal de que para o ano lá teremos de novo as "Sebastianas".Com crise ou sem crise.
É assim, em Freamunde. Assim será, cremos, por muitos mais anos.
Joaquim Pinto - Gazeta de Paços de Ferreira

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Xutos nas Sebastianas

Um magnífico espectáculo nas sempre magníficas, nas sempre grandiosas, nas sempre fantásticas Sebastianas.

domingo, 11 de julho de 2010

Sebastianas - procissão

Integrado no programa das Sebastianas 2010, saiu hoje à rua, a majestosa procissão que, percorreu algumas das artérias da cidade de Freamunde. Aqui ficam algumas imagens da belíssima procissão...

sábado, 10 de julho de 2010

Sebastianas, dia 10


Já começaram as Sebastianas 2010. Por estes dias, Freamunde inteiro entra no ritmo das Sebastianas. Ritmo esse que só termina ao deitar do último foguete. Nos próximos cinco dias, Freamunde, tem para oferecer bombos e mais bombos, concertos de palco, bravíssimas vacas de fogo, magníficas sessões de fogo de artíficio, a majestosa procissão, a grandiosa marcha alegórica, e muita, muita animação.

Em Freamunde é assim! Alegria, pum-pum e chinfrim!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Estão a começar

Estão a começar as nossas Sebastianas. Um ano de espera para muitos, um ano de trabalho para outros. Mas, a alegria e a euforia é para todos igual. Sebastianas 2010, estão já aí...

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Programa Festas Sebastianas 2010

1 JULHO QUINTA-FEIRA
21h30: Abertura e inauguração da Feira de Artesanato de Freamunde (Associação Artes e Letras de Freamunde e Associação Para Os Jovens).
2 JULHO SEXTA-FEIRA
22h00: Inauguração da iluminação - Palco “Grupo Martins - A Sua Energia”.
- Feira de Artesanato de Freamunde (Associação Artes e Letras de Freamunde e Associação Para Os Jovens).
- Actuação dos Gaiteiros de Ponte Velha
3 JULHO SÁBADO
- Feira de Artesanato de Freamunde (Associação Artes e Letras de Freamunde e Associação Para Os Jovens).
12h30: 1.º Circuito Karting Sebastianas/Capital do Móvel - Pólo Industrial n.º VI - Até às 24 h.
15h30: Sessão solene da entrega de prémios do VIII Concurso de Quadras Sebastianas/2010, no auditório Fernando Santos da Casa da Cultura de Freamunde.
17h00: Inauguração da Exposição Documental das IV Jornadas de Reflexão e Saudade dedicada D. Cremilde Augusta Queirós Monteiro, na sede da Associação Cultural e Recreativa Pedaços de Nós, no Largo da Associação de Socorros Mútuos, 9, em frente ao Café Teles.
19h30: Novena na Igreja Matriz de Freamunde.
21h00: Festival de Folclore.
4 JULHO DOMINGO
- Feira de Artesanato de Freamunde (Associação Artes e Letras de Freamunde e Associação Para Os Jovens).
17h00: Actuação da Tuna Académica: Vibra Tuna - Tuna Feminina da Universidade de Trás-os-Montes e Alto-Douro (UTAD).
21h30: Espectáculo Pedaços de Nós: Percussão Big Band Castanholas - Palco “Grupo Martins - A Sua Energia”.
5 JULHO SEGUNDA-FEIRA
19h30: Novena na Igreja Matriz de Freamunde.
22h00: Concerto de Música Tradicional Portuguesa pelo conjunto Três Marias.
6 JULHO TERÇA-FEIRA
19h30: Novena na Igreja Matriz de Freamunde.
21h30: Noite de Fados - Grupo de Fados da Faculdade de Engenharia Universidade do Porto (FEUP).
7 JULHO QUARTA-FEIRA
19h30: Novena na Igreja Matriz de Freamunde.
21h30: Concerto da Banda Filarmónica de Freamunde.
8 JULHO QUINTA-FEIRA
19h30: Novena na Igreja Matriz de Freamunde.
22h30: Concerto do Grupo Flow 212.
9 JULHO SEXTA-FEIRA
19h00: Homenagem aos festeiros falecidos - Em frente à Capela de S. Francisco.
19h30: Novena na Igreja Matriz de Freamunde.
22h30: Concerto do Grupo Diabo na Cruz.
00h30: VIII Noite Bombos - Marcha organizada no Largo de S. Francisco.
03h00: Actuação de DJ’s - Palco By Night - Lago (Pioneer) DJ Snack Project.
04h00: Largada de 5 Vacas de Fogo.
10 JULHO SÁBADO
09h00: Alvorada de morteiros.
09h30: Desfile de bombos e gigantones pelas ruas de Freamunde.
15h00: XIII Concentração de Vespas - Organização: Vespa Clube Freamunde - Junto ao coreto - Percurso pelas ruas de Freamunde e do concelho.
15h30: Sessão solene IV Jornada de Reflexão e Saudade dedicada a D. Cremilde Augusta Queirós Monteiro, no Auditório da Casa da Cultura de Freamunde.
16h30: III Corrida de Carrinhos de Rolamentos (inscrições até às 15h00) - Organização: Associação Juvenil Ao Futuro - Rua Grupo Teatral Freamundense.
17h00: Porto d’Honra e visita à exposição Cremilde Queirós, na sede da Associação Cultural e Recreativa Pedaços de Nós.
22h00: Concerto pelas Castanholas de Freamunde - Pedaços de Nós.
23h30: Concerto Jorge Palma - Palco “Grupo Martins - A Sua Energia”.
01h15: Espectáculo de Rua pelas Castanholas de Freamunde - Pedaços de Nós.
02h30: Fogo Piromusical: Emoções - Produzido por Macedos Pirotecnia - Junto à Rotunda do Cruzeiro.
03h00: Actuação de DJ’s: Mr. Tribe e Mark Voxx - Palco By Night (pioneer) - Lago
04h00: Largada de 5 Vacas de Fogo + Surpresa.

11 JULHO DOMINGO
09h00: Alvorada de morteiros.
10h00: Entrada da Banda Freamunde.
11h00: Missa Solene - Igreja Matriz Freamunde.
14h00: Entrada das Bandas de Freamunde e de Vilela.
18h00: Majestosa Procissão.
21h30: Concerto das Bandas de Freamunde e de Vilela - Palco Filarmónicas.
01h00: Concerto Xutos e Pontapés - Palco “Grupo Martins - A Sua Energia”.
03h00: Sessão de fogo: Flores de Fogo - Produzido por Macedos Pirotecnia (Junto à Rotunda do Cruzeiro).
04h00: Largada de 5 Vacas de Fogo.

12 JULHO SEGUNDA-FEIRA
21h00: Entrada da Fanfarra de Boim e de Grupos de Bombos - Junto à capela de S. Francisco.
23h00: Grande sessão de Fogo Pirotécnico Multiposto: Alquimia de Fogo - elaborado por Macedos Pirotecnia (Junto às piscinas de Freamunde).
24h00: Grande Marcha Alegórica.
03h00: Espectáculo de Água, Luz e Fogo - Junto à Rotunda do Cruzeiro.
03h45: Dj Miguel Rendeiro - Palco By Night (pioneer) - Lago.
04h45: Largada de 5 Vacas de Fogo.

13 JULHO TERÇA-FEIRA
19h30: Jantar Passagem de Testemunho - Comissão 2010/2011
22h00: Concerto Surpresa.
00h00: Boa Sorte 2011.
01h00: Largada de 3 Vacas de Fogo.