quinta-feira, 30 de maio de 2013

1001 Quadras ao Vinho

Eis a minha direcção:
Freamunde, Portugal,
Pedaços de Nós, Capão
E vinho do Pinheiral.

Quanto mais vinho eu bebo
mais sede tenho de vinho.
E a vida tem mais relevo
quando bebo o meu copinho.

Viver à sombra do vinho
não é ser um borrachão
é escolher o caminho
que nos dita o coração.

Vinho tinto só faz mal
a quem já anda doente
ou a quem não tem pedal
para acompanhar a gente.

Bebo de noite e de dia,
não ligo a ser criticado.
Quem bebe te alegria,
quem não bebe morre "ougado".

Vou beber até à morte
e seja o que Deus quiser!
Feliz de quem tem a sorte
de beber até morrer.

Um borrachão não é mais
que uma festa permanente!...
Nem um milhão de arraiais
faz animar tanta gente.

ANTÓNIO RODELA - "1001 QUADRAS AO VINHO" - POESIA COLECTIVA- DEZEMBRO 2009
                                                                 

Nenhum comentário: