quinta-feira, 27 de junho de 2013

12º Aniversário A. C. R. Pedaços de Nós


Para comemorarmos 12 anos de existência temos a honra de convidar todos os sócios, familiares, amigos, benfeitores, e patrocinadores a estarem presentes no próximo domingo, dia 30 de junho, de 2013, a partir das 18 horas, nas instalações da nossa nova sede, na Rua do Comércio, 105.
A alma desta associação são todos vocês, a causa e o efeito desta associação, da sua história e percurso cultural. Pedaços de Nós só faz sentido com todos vós.
Pedimos a presença de toda esta grande família para com alegria acendermos as 12 velas num brinde ao futuro desta associação cultural.
Grata pela vossa presença e pelo que nos têm dado.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Promoção das Sebastianas no Aeroporto Francisco Sá Carneiro



Entidade de Turismo do Porto e Norte reconheceas Sebastianas como Produto Turístico que merece ser promovido.
O Presidente da Turismo Porto e Norte de Portugal (TPNP), Melchior Moreira mostrou-se ontem disponível para ajudar a promover as Festas Sebastianas de Freamunde, juntos dos turistas, a partir do seu ponto de chegada, que é o Aeroporto Francisco Sá Carneiro.
A vontade de promover esta festividade, nas suas múltiplas vertentes, festiva, religiosa, cultural e artística, foi manifestada ontem na Loja Interativa da TPNP, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, compromisso que foi assumido perante a Comissão das Festas Sebastianas 2013, o Presidente do Município, o Vereador do Pelouro do Turismo e o Presidente da Junta de Freguesia de Freamunde.
Pela 1ª vez, as Festas Sebastianas e o seu cartaz vão estar em todas as plataformas de comunicação da Entidade de Turismo, desde S. João da Madeira a Santiago de Compostela, equiparando as Festas Sebastianas a um produto turístico da Região Norte. A TPNP está a aumentar a sua rede de lojas interativas, pretendendo atingir 53 no total, que “vendem” o melhor da Região Norte, dando a conhecer as raízes e tradições, produtos locais, património e as suas gentes, sendo de realçar o facto de Paços de Ferreira já ter protocolado com esta entidade para a instalação de um loja interativa no Parque Urbano.
Mas a promoção das Sebastianas passa não só pelas plataformas digitais da TPNP, mas também pela vontade ontem bem vincada de Melchior Moreira, que considerou que “dentro do que é o nosso produto estratégico, ao nível do turismo religioso, esta é uma festa importantíssima”, garantindo uma colaboração permanente para o enriquecimento destas festividades.
Durante este encontro formal entre os responsáveis do Turismo da Região Norte e os representantes do Município e das Festas Sebastianas, foram algumas dezenas de pessoas, nacionais e estrangeiras, que se abeiraram da Loja Interativa, no Aeroporto, e que tomaram contacto com o vídeo promocional das Sebastianas, projetado no ecrã gigante instalado naquele espaço, decorado a rigor com os traços que melhor caraterizam as Sebastianas: os Bombos, que se pretende bater o record mundial de pessoas a tocar o bombo tradicional; a vaca de fogo, cuja tradição nasceu em Freamunde e um gigantone, numa alusão às marchas alegóricas, que atraem milhares de pessoas no período das festas.

 IN FACEBOOK

terça-feira, 18 de junho de 2013

Carlos Pinto é o novo treinador do Sport Clube de Freamunde

Carlos Pinto é o novo treinador do Sport Clube de Freamunde. O ex-treinador do Tirsense, foi o escolhido pela nova direcção para orientar o Sport Clube de Freamunde para a próxima época.
Carlos Pinto terá como adjunto Marco Louçano, Pedro Barroso será o preparador físico, e Rui Ribeiro será o treinador de guarda-redes.
FOTO: FACEBOOK

sábado, 15 de junho de 2013

A festa que é do povo

  Tradição centenária não é abalada pela crise. A união dos freamundenses é fundamentaL.
São centenárias, têm crescido a cada ano que passa, fazem-se com a boa vontade do povo freamundense e sobrevivem a qualquer crise. As Sebastianas, em Freamunde, Paços de Ferreira, são uma das maiores festas populares do País e mostram que a união faz a força. Com tradições bem vincadas, e que unem o sagrado ao profano, atraem milhares de pessoas à cidade. Este ano, realizam-se de 11 a 16 de julho.
Apesar de terem origem no culto a S. Sebastião, as Sebastianas foram-se adaptando. Atualmente, ainda que sem se desligar das raízes religiosas, as festas têm uma vertente cultural e festiva cada vez mais vincada. Há espaço para tudo: desde atuações de grupos de bombos, passando pela majestosa procissão e pela marcha de carros alegóricos, sem esquecer o fogo-de-artifício. A festa é vivida nas ruas e na igreja da cidade, onde há lugar para orações, concertos, diversão, jogos e convívio.
A cada dia – ou a cada noite – Freamunde recebe cerca de 35 mil pessoas. De ano para ano, a comissão de festas tem a dura tarefa de preparar a semana de folia. A ajuda dos freamundenses é, por isso, preciosa: os carros alegóricos, por exemplo, são construídos por voluntários no horário pós-laboral. Ninguém faz dinheiro com isso – ganha-se apenas orgulho no resultado final e satisfação por ver a festa do povo de Freamunde crescer a cada ano que passa. Em 2013, o tema da marcha são as artes circenses.
"Temos um orçamento otimista de 300 mil euros. Apenas 5% desse valor vem de patrocínios", explicou ao CM Nelson Felgueiras, membro da comissão de festas 2013. O resto do dinheiro é conseguido com eventos, leilões, festas e peditórios porta a porta. E todos querem ajudar.
Para os organizadores das Sebastianas, o único conselho que deixam aos curiosos é "visitem Freamunde".
IN CORREIO DA MANHà

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Esta é mesmo verdadeira

QUESTÃO DE CHEIRO...
Esta é tão engraçada que, já há muito, ultrapassou os meios habituais e se tornou conhecida de todos os bons apreciadores de anedotas. Numa representação de furiosos amadores teatrais havia uma cena em que, ao ler uma missiva do amante, a protagonista sente a chegada do marido e, aflita, acende um fósforo e chega-lhe fogo para a fazer desaparecer. O marido entra, sente o cheiro derivado do acto e comenta intrigado, olhando desconfiado para a esposa:
- "Que cheiro a papel queimado!..."
Ora aconteceu que o "contra-regra" se esqueceu de colocar em cena a caixa de fósforos. A "actriz" que fazia de "esposa" inteligentemente, na impossibilidade de queimar a carta, rasgou-a aos bocadinhos, que escondeu atrás de um móvel. Nesta altura entre o "marido" que, imperturbável, com a mesma pompa e o mesmo ar de intrigado, exclama:
- "Que cheiro a papel rasgado!!!..."
Fernando Santos - "Esta é mesmo verdadeira" - Julho de 2001

terça-feira, 11 de junho de 2013

Mulheres quebram 59 anos de tradição

Sempre foram os homens a fazer os carros alegóricos das Sebastianas. 
Este ano é diferente, mercê da vontade de 40 mulheres.
Mais de 40 mulheres de Freamunde, no concelho de Paços de Ferreira, meteram este ano, pela primeira vez, mãos à obra e assinam a decoração integral de um dos carros das Marchas Populares das Sebastianas, quebrando uma tradição com 59 anos.
Se em quase seis décadas de existência, os carros alegóricos sempre foram feitos por homens, este ano a marcha vai contar com um carro feito exclusivamente por mulheres, sem nenhuma intervenção de mão masculina.
A ideia partiu de Mafalda Monteiro, uma freamundense de 27 anos que vive as festas das Sebastianas com grande entusiasmo, à semelhança do que acontece com quase todos os habitantes de Freamunde.
Estas festas centenárias realizam-se sempre no segundo fim de semana de julho e são antecedidas por uma semana cultural, que este ano decorre entre os dias 5 e 10 de julho.
Mas a semana seguinte é a que faz vibrar o povo de Freamunde, principalmente no dia das marchas, um dos cartões de visita das festividades. Os carros alegóricos são a "alma" do cortejo, numa tradição que sempre colocou os homens como responsáveis pela sua construção e decoração. Este ano, no entanto, Mafalda Monteiro lidera o grupo de mais de quatro dezenas de mulheres que se propõem quebrar a tradição.
Subordinadas ao tema "Artes de Rua", as voluntariosas "mulheres de Freamunde" prometem sobressair no desfile, recorrendo a um carro, que, além de ser o primeiro "trabalhado" integralmente por mulheres, incluirá, pela primeira vez, uma escola de samba.
"Escolhemos o samba, inserido na temática deste ano das festas, que é "Artes de Rua"", afirmou Mafalda Monteiro, que o carro vai ser o maior dos dez que compõem o cortejo e terá um trator e dois atrelados. "Vai transportar uma escola de samba inteira. O que também é inédito", declarou a mentora.
Já há mais de um mês que estas mulheres trabalham intensamente na realização do carro alegórico e ainda têm mais de um mês e meio de trabalho pela frente, mas é com orgulho que afirmam que "nem um prego foi pregado por um homem". "Fizemos tudo, até aprendemos a soldar", frisou Mafalda Monteiro, nascida e criada em Paços de Ferreira, que acompanha desde que se conhece por gente as marchas da maior festa do concelho e da própria região.
O trabalho destas mulheres tem sido intenso e duro ao longo do último mês, dedicando todas as noites da semana a trabalhar na construção do carro. "O carro está a ser feito desde abril e vão ser dois meses e meio de trabalho intenso. Estamos aqui todos os dias da semana, das 21.00 às 00.00, e às sextas-feiras é até às 04.00 ou 05.00. É um sacrifício, mas é feito de forma gratuita, por amor à terra."
O primeiro carro das Marchas das Sebastianas, unicamente construído pelas mulheres, vai levar na frente o símbolo da feminilidade, a escola de samba, mas também palhaços e trabalhos decorativos alusivos à arte circense, o tema escolhido pela maioria dos carros.
IN DIÁRIO DE NOTÍCIAS

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Sebastianas 2013

Ao fim de mais um ano de trabalho, aí estão à porta as festas mais emblemáticas da região, aí estão as Sebastianas 2013. Fruto de um ano de trabalho de uma comissão que começou a trabalhar para a sua realização, ainda as Sebastianas 2012 não tinham terminado!...É assim em Freamunde...
Aos festeiros que tornaram tudo isto possível, MUITO OBRIGADO!
Sebastianas 2013 -  11 a 16 de Julho

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Freamunde e a Casa do Infantado (XIII)


Esta medida extremamente dura que D. João tomou, reconhece hoje a historiografia a relevância deste tipo de representações do poder e quanto são ainda mais importantes em períodos revolucionários. Com efeito e como muitos reconheciam na época, entre os quais os próprios castelhanos, o castigo referido fazia mais duvidosa a conquista de Portugal, entendendo El Rei D. João IV se não arrojara a tanto empenho, se duvidara da sua segurança e obediência dos ânimos de seus vassalos.
O castigo aplicado ao Marquês de Vila Real e a seu filho o Duque de Caminha (senhores de Freamunde), não foi mais que uma trama urdida para incriminar estes fidalgos que nunca estiveram envolvidos na conjura, antes pelo contrário, quando o Marquês teve conhecimento do golpe do 1º de Dezembro pela boca de seu filho, encontrava-se em Leiria e, aí aclamou de imediato o novo monarca. Quanto ao Duque de Caminha, o processo dizia mesmo que nas acusações feitas estas não tinham qualquer fundamento, pelo que estas duas condenações foram mais um acto político, com certeza com o receio que estes dois fidalgos podessem dar algumas informações a Castela.
Talvez o caso não assumisse proporções tão alongadas se o monarca tivesse substituído imediatamente nos postos do governo e do Paço as figuras conhecidas mais afectas à governação castelhana de Diogo Soares e de Miguel de Vasconcelos. Foram todavia, uma decisão política. Se a prática governativa provou que essa opção gerara mais embaraços e intrigas que os consensos pretendidos confirmava-se igualmente que a pressão surda para a renovação do pessoal político tivera enfim vencimento. É por isso, importante sublinhar que muitas das personalidades mais directamente activas na aniquilação da conjura saíram do grupo dos aclamadores. D. João IV socorria-se deles, ou melhor, eram os próprios restauradores que se faziam utilizar como peças determinantes na consolidação do processo da sucessão. Eram o esteio da mudança definitiva com a qual iriam continuadamente identificar-se. (Continua)
JOÃO CORREIA - "FREAMUNDE E CASA DO INFANTADO"
JORNAL GAZETA DE PAÇOS DE FERREIRA

terça-feira, 4 de junho de 2013

Poesia de Freamundenses

DOS TEUS AMORES

Para que olhes a verdade
A teu redor, ou quando está ausente
Vejas nela sempre a felicidade
E que no amor sejas crente

Toda a verdade é clara
Como a rosa com espinho
Assim eu sou para ti
Como água do moinho

Não há verdade mais bela
Que nela, haja sempre sinceridade
E que de mim ou de ti
Saia somente a verdade

Se forem más, as notícias
Quero a verdade somente
Como de mim para ti
Pois meu coração não mente

A minha verdade é simples
Amar-te eternamente
Beijar-te a ti, somente
Olhar para ti docemente

Que a doce é a minha verdade
Mais doce que o próprio mel
No meu coração é guardado
O segredo é ser-te sempre fiel

Agora te jurarei
De ti estar sempre perto
Recebe milhões de beijos
De mim e do Zé Berto

Que é um pequenino ser
Um coração em flor
Todo o corpo dele
É fruto do nosso amor

Assim os teus amores
Se despedem, com saudade
Pois que este dia
Te traga muita felicidade.

ILDA MALHEIRO - "ALMA FREAMUNDENSE" - JULHO DE 2004
Poema escrito em 12 de Maio de 1974