segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Autárquicas 2013

O Partido Socialista venceu as eleições em Freamunde. Armanda Fernandez é a nova presidente da Junta de Freguesia de Freamunde. Após quase vinte anos de governação do Partido Social Democrata, a junta de Freamunde será governada pelo Partido Socialista nos próximos quatro anos. O candidato da CDU, Nuno Leão, foi eleito para a Assembleia de Freguesia.
Resultados:
PS - 2.142 votos - 6 mandatos
PSD - 1.860 votos - 6 mandatos
CDU - 357 votos - 1 mandato
Para a Câmara Municipal de Paços de Ferreira, o Partido Socialista venceu as eleições. Ao fim de 37 anos de governação do Partido Social Democrata, o PS conseguiu uma votação histórica, fazendo assim a Câmara Municipal mudar de mãos. Humberto Brito é o novo presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira.
Resultados:
PS - 13.884  votos - 11 mandatos
PSD - 13. 779 votos - 10 mandatos

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Esta é mesmo verdadeira

UM AVISO IMPORTANTE
Numa certa localidade de província sem qualquer sala de espectáculos, teve de se improvisar uma, para ali se poder apresentar uma companhia que andava em "tournée".
Na noite do espectáculo, à porta da sala, um grande letreiro avisava os espectadores nestes termos:
"Avisam-se os senhores espectadores que as cadeiras existentes se destinam a serem ocupadas, em primeiro lugar, pelas senhoras. Os cavalheiros só se poderão sentar depois das senhoras o terem feito".
Fernando Santos - "Esta é mesmo verdadeira" - Julho de 2001

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Pedaços de Nós

HISTÓRIAS DO PADRE CASTRO

O Padre Castro media
uns três metros e noventa
de barriga e já não via,
há anos, a ferramenta

Um dia estava a "mijar"
e um rapazito atrevido,
pôs-se do lado a espreitar
aquele monstro esculpido.

Mas ele olho perspicaz
foi perguntar ao rapaz:
- Tu viste-me o "realejo"?!

- Vi. - Pega então dez "paus", pá
e diz-me como ele está
que há muito tempo que não o vejo!

"Pedaços de Nós - Poesia Ilustrada" - Julho de 2001

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Autárquicas 2013

Dado o período que atravessamos, não poderia, como não podia deixar de ser, abordar as eleições autárquicas que se avizinham e, dar a conhecer os candidatos à junta de Freguesia de Freamunde.
São estes os três candidatos que pretendem levar a cabo os destinos da nossa freguesia.
Nuno Leão, 35 anos, arquitecto. Natural de Freamunde. Candidato pela Coligação Democrática Unitária (CDU).
António Correia, 62 anos, reformado. Natural de Freamunde. Ex-presidente da junta de freguesia de Freamunde. Candidato pelo Partido Social Democrata (PSD).
Armanda Fernandez, 48 anos, economista. Natural de Freamunde, licenciada em Economia pela Faculdade do Porto. Recandidata-se  a presidente da junta de Freguesia de Freamunde pelo Partido Socialista (PS).
No próximo dia 29 de Setembro, todos nós devemos contribuir com o nosso voto para a eleição do próximo presidente da junta de freguesia da nossa terra. 
Estamos em plena campanha eleitoral. Os partidos já apresentaram os seus programas eleitorais. Aguardemos pelo resultado do escrutínio, e quem quer que saia vencedor, trabalhe para a resolução dos problemas da cidade.
 Até lá!

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Cartaz Sebastianas 1978

 Cartaz das Festas Sebastianas de 1978, que se realizaram nos dias 6, 7, 8, 9 e 10 de Julho.
Ontem, tal como hoje, continuam sempre belíssimas!

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Poesia de Freamundenses

      TEATRO
Anda no ar um ar
de fronte jovem, de fronte antiga

anda no ar
        um arzinho a bailar
fruto, água ou rapariga
        maravilha de uma figa

Será cristal
        onda ou pássaro
                 aurora boreal
Será, mas eu digo
        é terra, travo, trigo

Anda no ar
         um sol de que me inundo
sozinho neste palco, lugar
        de nunca estar
             sozinho no mundo

Anda no ar
um arzinho fantástico de festas
        em que me crucifiquei de Dristo
              e renasci poeta

Teatro é isto:
esta evidência secreta.

José Carlos Vasconcelos - "Freamunde e o Sentimento Popular" - 1987 

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Freamunde e a Casa do Infantado (XV)

A Casa do Morgado de Freamunde, foi em parte pertencente a um prazo de Vidas da Casa do Infantado.
Num período de grande agitação social, Freamunde não escapou em 1842 às surtidas e abusos dos soldados sob o comando do Barão de Freamunde, General Soares de Moura, influente no concerto de uma paz que se pedia como pão para a boca. As revoluções sucediam-se a cada momento, sendo as mais importantes a de Setembro que restaurou a Constituição de 1822, a dos marechais Saldanha e Duque da Terceira que pretendiam impor a Carta Constitucional; a de Costa Cabral que substituiu a Constituição pela Carta; a da Maria da Fonte contra o governo de Costa Cabral e ainda a dos Regeneradores, chefiada pelo Marechal Saldanha que lhe deu a chefia do governo e ficou conhecido como o Governo da Regenaração.
Entretanto em Freamunde, reuniram-se uns conjurados contra o governo liberal, entre os quais o capitão-mor António José Lopes de Meireles, do Alto da Feira. Os liberais triunfaram, a denuncia não se provou e os atingidos recuperaram as suas categorias sociais. O capitão-mor Lopes de Meireles creditara-se como grande patrocinador de muitos eventos.
Quando em 1850 se firmou o contrato de casamento do ilustríssimo senhor Henrique Pinto de Vasconcelos Abreu e Lima (vindo da Casa da Manguela - S. Tiago da Carreira - Santo Tirso) viviam na casa da Feira o acima citado capitão-mor Lopes de Meireles, viúvo, e sua legítima filha D. Maria Augusta Lopes de Meireles. Só posteriormente começou a designar-se por Casa do Morgado, (filho mais velho ou herdeiro de bens vinculados) pois até então era conhecida por Casa da Feira, a partir de 1720, data da primeira feira dos 13 de Junho.
O nosso Morgado, figura muito querida em Freamunde, nasceu a 12 de Julho de 1824, e faleceu a 13 de Fevereiro de 1907, contando 83 anos. Seus pais viveram na Casa da Manguela - S. Tiago da Carreira - Santo Tirso e ali devia ter nascido o Morgado.
Não sem propósito as notas que se seguem referentes a um prazo de Vidas que pertencera à Casa do Infantado, sendo morador em 1833, o sargento-mor Leonardo José Lopes Guimarães, sujeito a um fôro de 150 reis, imposto na Casa da Devesa da freguesia de Freamunde e pago à Casa do Infantado.
Em 1822, Henrique Pinto de Vasconcelos Abreu e Lima pediu certidão do dito fôro. Este documento encontra-se na posse de familiares do meu saudoso amigo José Maria Gomes Taipa, na Casa do Morgado no Alto da Feira.
Por esta escritura ficamos a saber que a 9 de Outubro de 1752, Ana Maria Nunes (viúva do capitão Manuel de Sousa Ferreira, morador em Penouços - Ferreira) era tutora de sua filha mais velha Águeda Maria e esta herdeira de uma morada «de cazas com o seu quintal serrado de parede e uma deveza da parte de fora, sito tudo no eirado da Feira da Freguesia de Freamunde».
O auto em referência (de apegação e confrontação) foi lavrado a 27 de Outubro de 1752. Nele figuram: o d
Dr. Manuel Correia de Mesquita Barbosa, corregedor, provedor da Comarca do Porto, juíz dos Tombos da Vila e Honra de Sobrosa, de Azurara e Paços de Ferreira, e com ele o Dr. Rodrigo Coelho Machado Torres (Vila Cova - Sanfins), juíz de Fora de Vila do Conde; o escrivão fiscal Francisco Félix Henriques da Veiga (Casa da Torre Paços), mais tarde 1º Governador da Fortaleza da Póvoa de Varzim e cronista desta Vila de muito merecimento: o meirinho (antigo oficial de diligências) Manuel Teles de Meneses de Paços. Mediram uma cerca toda em redondo com 291 varas e meia (vara, antiga medida equivalente a um metro e dez centímetros) e dentro havia algumas casas, um poço de balde, terra lavradia e de mato. Mediram pela parte de fora desta cerca para a parte norte, um território que foi devesa e fôra até à roda de 1990 chão de feira.
Não restam dúvidas de que este  diz respeito à Casa do Morgado e terrenos vizinhos...que entraram em cedências e formam hoje o Alto da Feira. (Continua)
João Correia - "Freamunde e a Casa do Infantado" - Jornal Gazeta de Paços de Ferreira