quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Padre Leonel Oliveira - 1934 / 2015

Freamunde viu partir no passado dia 2 de Novembro o Padre Leonel Oliveira. Contava 81 anos de idade. Em Agosto de 2008, a Associação Cultural e Recreativa Pedaços de Nós, prestou-lhe homenagem, precisamente no dia em que comemorou as suas bodas de ouro sacerdotais, com a exposição documental "Bodas de Ouro do Padre Leonel Oliveira".
Em baixo, uma breve nota biográfica do Padre Leonel Oliveira.
O Padre Leonel Camelo de Oliveira, nasceu a 9 de Maio de 1934, em Freamunde, no Largo da Feira, residência de seus pais, Leonel Nunes de Oliveira e Ana Joaquina Martins Camelo de Oliveira. Foi baptizado a 21 de Maio de 1934, dia de aniversário do seu pai. 
Teve uma infância saudável. Fez a escola primária nas Escolas Amarelas, na Rua do Comércio, em Freamunde. Após a 4ª classe ainda teve explicações com o professor Francisco Valente, indo de seguida estudar em regime de internato no Colégio de Nossa Senhora do Carmo, em Penafiel, cujo director era amigo do nosso pai. 
A adolescência foi normal como a de todos os jovens. Após terminar o 5º ano do liceu, fez o 6º ano no Liceu D. Manuel, no Porto, de onde se mudou para o Liceu Alexandre Herculano, para fazer o 7º ano, por ficar mais próximo da casa dos familiares onde estava hospedado. Entretanto, após uma ida a Fátima com os pais, chegou a casa e disse que queria ser padre. Os pais não concordavam, pois julgavam ser uma fantasia. Ele insistiu e durante as férias grandes alterou a sua vida, procurando que os pais mudassem de opinião. A mãe aconselhou-se com médicos e com o Sr. Cónego Dr. Formigão, que após o terem ouvido, aconselharam que o deixassem seguir a sua vocação. 
A seguir às férias, foi para o seminário. Entretanto viu-se que a sua vocação era séria, e foi ordenado Padre no dia 3 de Agosto de 1958. Para cumprir um voto, saiu após o almoço com uma irmã e uma senhora a pé para Fátima, onde chegaram passados 7 dias. No dia seguinte, que era domingo, celebrou a primeira missa, sozinho, na Capelinha das Aparições com a sua família que foi de camioneta de Freamunde. A sua vida de sacerdote foi muito agitada, não por sua vontade, mas sim porque era muito incompreendido, por querer tratar os outros como irmãos, como filhos de Deus.
Cortejo a caminho da Igreja Matriz de Freamunde para a celebração da Missa Nova, no dia 17 de Agosto de 1958, na terra Natal do Padre Leonel, acompanhado da Banda de Música de Freamunde.

Nenhum comentário: