quarta-feira, 6 de abril de 2016

Bombeiros Voluntários de Freamunde ( V )

2.1 O NASCIMENTO DA ABVF - (PRIMEIRA PARTE)
A origem da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários entronca no fenómeno associativo, bem característico de Freamunde e particularmente activo naquela época. A povoação, que volvidos cinco anos passaria a Vila, tinha um centro urbano bem definido, uma intensa actividade comercial e uma indústria instalada e em crescimento.
Conhecida a intenção generosa e sabendo-se dos resultados catastróficos que a falta de uma corporação organizada fazia, no dizer de Barreiros, facilmente se compreende a sua utilidade e a sua criação em Freamunde.
Nesse sentido, no dia 16 de Outubro de 1928 no decurso da sessão solene do 2º aniversário do Clube Recreativo Freamundense foi apresentada, discutida e aplaudida a ideia de criar uma Corporação de Bombeiros Voluntários, com sede em Freamunde. Os sócios do clube não só aplaudiram como também se comprometeram a apoiar a iniciativa no "máximo das suas forças", pelo que nessa mesma sessão foi nomeada uma comissão para desencadear as diligências necessárias.
Sentindo a necessidade de ter o apoio de todos os Freamundenses, a referida comissão, já integrando outros elementos, reunida a 25 de Outubro de 1928 decidiu convocar uma reunião geral dos habitantes de Freamunde, para três dias depois, na Associação de Socorros Mútuos Freamundense, que cedeu o espaço para tal realização. Por convite de José António Gaspar Pereira (membro da comissão que convocou essa reunião) e por aprovação unânime da Assembleia, presidiu à sessão o Padre Florêncio Pinto de Vasconcelos, com os secretários Adolfo Pereira Leão de Moura e Leopoldo Pontes Saraiva. Unanimemente a assistência foi favorável à criação da Corporação de Bombeiros concordando "que tal agremiação se tornava necessária e indispensável em Freamunde, sabendo como são os fins beneficentes das corporações de bombeiros", refere a acta dessa reunião realizada a 28 de Outubro de 1928.
PADRE FLORÊNCIO PINTO VASCONCELOS
 Presidiu à assembleia da Grande Comissão Organizadora dos Bombeiros Voluntários de Freamunde.
Foto, de pintura a carvão, existente na Associação de Socorros Mútuos Freamundense.
Unanimemente os habitantes da freguesia de Freamunde elegeram um grupo alargado de cidadãos que denominaram de Grande Comissão Organizadora da Corporação e que passou a ser uma espécie de assembleia geral da ainda embrionária Associação de Bombeiros.
Nomes que constituíram a Grande Comissão Organizadora e que constam na acta respectiva:
Dr. Alberto Carneiro Alves da Cruz ; Dr. António Henrique Pinto de Vasconcelos ; António Joaquim;  Gomes da Costa Torres ; António José de Brito ; Padre António Alves Pereira de Castro ; António Joaquim Ribeiro ; António Pereira da Costa ; António Pereira Rego ; António Taipa Coelho de Brito ; Adolfo Ferreira Leão de Moura ; Adriano Pinto Martins Leitão ; António Martins Ribeiro ; Armando Nunes de Oliveira ;  Alfredo da Silva Cabral ;  Arnaldo Carneiro Alves da Cruz ; Padre Florêncio Pinto de Vasconcelos ; Jacinto José da Costa Torres ; Joaquim Pinto Pereira Gomes ; José António Gaspar Pereira ; José Maria Ferreira de Matos ; Leopoldo Pontes Saraiva ; Libório Pinto Gomes ; Manuel Augusto Pinto de Barros ; Miguel Nunes de Oliveira ; Luís Ferreira Leão de Moura ; Rafael Pinto Graça ; Serafim Pacheco Vieira ; Serafim da Silva Moura.
Quatro dias depois da reunião geral de Freamundenses, a 1 de Novembro de 1928, reuniram-se em assembleia-geral os cidadãos que faziam parte da Grande Comissão Organizadora da Corporação dos Bombeiros Voluntários de Freamunde. Além de ter sido conferida posse aos seus membros, foi deliberado constituir uma comissão executiva e uma comissão para elaborar os estatutos que, de imediato, tomaram posse.
Comissão Executiva:
Presidente : Dr. Alberto Cruz
Tesoureiro: António Torres
Secretário: Joaquim Pinto Gomes
Vogais efectivos: José António Gaspar Pereira e Leopoldo Saraiva
Vogais suplentes: Dr. Amâncio Leão, Arnaldo Cruz e António Joaquim Ribeiro
Comissão para elaborar os estatutos:
Dr. António Vasconcelos, Adolfo Leão e Armando Oliveira, como efectivos. Suplentes: Alfredo Cabral e Miguel Oliveira.
DR. ALBERTO CRUZ
 Médico, fundador dos Bombeiros, foi seu dirigente e Comandante.
Foto, de pintura a carvão, existente na Associação de Socorros Mútuos Freamundense.
JOÃO VASCONCELOS - "BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE FREAMUNDE - 75 ANOS" - 2005

Nenhum comentário: