segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Gente da Nossa Terra

 CASIMIRO VAIDOSO

Se a vida continuar,
depois da gente morrer,
onde o Vaidoso parar
há dois testos a bater.

Neste seu triste rosário,
tocava harmónica e caixa
e além de legionário,
cortou calos e foi graxa.

Onde houvesse vinho e pão
para mais um "comilão",
não faltava o Casimiro...

para animar a festada,
mas nunca sobrava nada...
"sugava" tudo o "vampiro".

Nenhum comentário: